terça-feira, 24 de setembro de 2013

 http://antoshahaimovich.com/lessonsdownloads.htm


Dica de um site russo muito bom para baixar material.
Excelente!
video
Gravação de um tema muito interessante, "I Shot The Sheriff" (Bob Marley).
Procurei aqui recriar o estilo do Kenny Garrett, um saxofonista do qual gosto muito e que usa a boquilha que está no vídeo, a Selmer Soloist de massa.
O sax é um alto Yamaha YAS 32 e a palheta uma Légère Signature 3 1/2.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Solo Sax Barítono

Olá amigos do Blog,

Estava olhando alguns vídeos que gravei e lembrei de um recente, no qual toco sax barítono, com solo inclusive.
Chama-se "Poeira nos Olhos", do novo trabalho do Nasi (ex Ira!).


Estava ao lado de um dos meus queridos amigos e referência musical, o "incrível" Manito, que tocou o sax tenor.
É um solo rock, sem edições ou cortes, tudo foi gravado ao vivo e ter a oportunidade de fazer aparecer um instrumento geralmente utilizado em naipe foi muito interessante para ter a idéia de como soa como solista.
Atuei bastante nesse universo pop, além do erudito e jazz, portanto é como estar em casa, gosto de tocar rock e usar o barítono, que é uma das paixões de todo saxofonista!

Ficha técnica:

Faixa 15: Poeira nos Olhos
Composição: John Coltrane / Nasi

Nasi - Voz
Johnny Boy - Contra-Baixo e Backing Vocal
Nivaldo Campopiano - Guitarra e Backing Vocal
André Youssef - Piano Fender Rhodes e Backing Vocal
Evaristo Pádua - Bateria e Backing Vocal
Manito: Sax Alto
Rodrigo Bento: Sax Barítono
Ivo "Mineiro": Trompete
Osmar de Aguiar: Trombone
Todd Murphy: Trombone e Arranjos de Metais
Dinho Nascimento: Percussão
Gabriel: Percussão
João: Percussão

Gravação: Roy Cicala e Apollo Nove
Mixado por Roy Cicala no SA Plant
Imagens: Reticon Filmes
Direção de Tiaraju Aranovich e Gunther Mittermayer
Produzido por Nasi e Vagner Garcia
Gravadora: Coqueiro Verde Records

Exercício para Velocidade 1

Como sei que muita gente gosta de tocar coisas difíceis e, por vezes, não está com a técnica em dia, resolvi postar um exercício interessante, que vai ajudar a todos que querem executar passagens rápidas com mais facilidade.
Retirado do livro de Carlos Averhoff (célebre saxofonista cubano, integrante original do grupo Irakere), chamado "Chromaticism, Rhythm & Synchronism for Saxophone and Woodwinds", trabalha diversas situações de dificuldade em cromatismo (intervalos de meio tom sucessivos), além de articulações em quatro variações para cada exemplo. A-B-C-D, demonstradas no alto da primeira página.












O autor sugere o início em semínima = 72, em semicolcheias.
Deve-se aumentar o andamento apenas quando o trecho estiver bem executado, sem falhas de som, ataque, etc. Outra coisa interessante são as indicações de uso da chave do F# médio (primeira e segunda oitavas), chamando-o de alt.
Eu sugiro a seguinte prática:
Nas duas primeiras articulações (A-B), pode-se utilizar o som real, enquanto que, nas demais (C-D), aplica-se o chamado subtone (sonoridade típica do jazz, caracterizada por um movimento na mandíbula e lábio inferior, que confere um timbre com bastante presença de ar, muitos o chamam de "fumaça", comum na execução de saxofonistas mais antigos, como Coleman Hawkins ou Ben Webster).
Logo abaixo, na segunda página, uma sugestão do próprio autor, para a prática de todos os exemplos anteriores uma oitava acima, ou seja, em alguns casos chegando ao registro super agudo.
Um bom teste de paciência e bom humor para os vizinhos... (rs)
Sobre isso (super agudos), escreverei um post específico.
Bom estudo!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

DUO- Pixinguinha "Chorei"

Aos amigos do blog, ofereço um presente.
Para quem gosta de Pixinguinha, uma obra menos conhecida do mestre, com arranjo de autor desconhecido para 2 saxofones.





São duas partes, a da melodia e o contra-canto, escritas à mão, extraídas do arquivo pessoal do amigo e saxofonista Alef Mansur, de Bom Jardim-PE.
Espero que gostem e toquem muito!
Abraço,

Rodrigo Bento.